Porta retrato Vertical duplo para fotos 10x15cm

R$ 110,00

O Porta retrato Vertical duplo é um interessante porta retrato que cumpre à risca o principio de que o simples é que faz o elegante… Apesar de fabricados em série,  as fotos os tornam únicos, personalizando a decoração do ambiente. Produto assinado pela designer Rosi Zanon.

Limpar
REF: Não aplicável Categoria:

Porta retrato Vertical duplo para fotos 10x15cm

Porta Retrato Vertical Duplo é um  porta retrato produzido e assinado por Rosi Zanon.  Assim, é uma ótima opção para compor o ambiente da casa ou escritório.

  • Descrição: O Porta Retrato Vertical duplo é um produzido em MDF. Requer duas fotos 10X15 cm na posição vertical. Mais importante é a qualidade de seu acabamento de laca fosca.
  • Designer: Rosi Zanon
  • Material: MDF laqueado.
  • Cores: branco, preto ou tabaco .
  • Dimensões das fotos: 10X15 cm
  • Dimensões do porta retrato: 
  • Altura: 26 cm
  • Largura: 18 cm
  • Profundidade: 2,5 cm

Limpeza: Pano macio levemente umedecido em água ou álcool em gel.

Curiosidade:

Não se sabe ao certo quando eles surgiram ou quem os inventou, mas os porta retratos estão presentes em quase todas as casas. Eles contam a história da família e fixam em nossa memória momentos especiais. Assim, a foto neles colocada torna-os objetos únicos…

Pouco se sabe sobre quando surgiram os primeiros porta retratos. Todavia, em 1890, surgiu um movimento dos fotógrafos que buscavam criar uma foto artística. Assim, esperavam alcançar o mesmo prestígio de artistas já célebres na área da pintura.

Quando a fotografia, enfim, garantiu um valor na sociedade, só era acessível  para pessoas com maior poder de compra. Contudo, apenas no final do século 20, com o surgir de novos equipamentos e com a criação de uma solução dada pela empresa Kodak –que espalhou laboratórios de revelação de fotos pelo mundo inteiro com o slogan “Você aperta o botão, nós fazemos o resto”–  foi que o recurso tornou-se um pouco mais acessível. No entanto, foi somente com o surgimento da câmera digital que a produção fotográfica alcançou a produção em grande escala tão comum que conhecemos hoje.