Colar de decoração do Artista Roberto Dias

R$ 1.800,00

Colar de Parede e Mesa do artista Roberto Dias. Fica perfeito decorando mesas, aparadores e até paredes….Um luxo, com assinatura de Roberto Dias Nunes!

REF: 5098 Categorias: ,

Colar de decoração do Artista Roberto Dias

Colar de decoração do Artista Roberto Dias ficam bem decorando mesas ou paredes… Assim, este colar por seu tamanho e imponência, é um complemento à decoração que cada um cria e usa da forma que preferir. Ou seja, não existe a forma certa. O certo é fazer do jeito que se quiser.

  • Descrição: Colar composto por alça trançada de macramê de fios de algodão, presas em semi esfera de coco, detalhes em discos de coco e esferas graúdas de cipó embé trançado, moedas de coco e nova semi esfera de coco que prende pendente de vários fios de bolinhas de pinus sem polimento ou de contas miúdas de madeira reconstruída intercaladas com mini bastonetes de murano verde água.
  • Designer:  Roberto Dias Nunes
  • Material:  madeira, algodão, coco, cipó embé e murano.
  • Nota importante: Todos os colares são peças únicas, sendo praticamente impossível se conseguir duas peças iguais.
  • Dimensões: Comprimento 2,40 M.

Curiosidades:  https://usualdesign.com.br/colares-de-mesa-decorativos/

  • A princípio se sabe que a inspiração para os colares de mesa vem dos conhecidos BALANGANDÃS. Enfim, vivemos num país folclórico por natureza, rico em superstições… Consequentemente, as joias, bijuterias e colares de mesa estão resgatando, com muito bom gosto, esta peça extremamente típica de uma cultura mestiça como a nossa.
  • Alguns historiadores indicam que os balangandãs surgiram na Bahia. Por exemplo, muitos são miniaturas de objetos, sinais e símbolos  que, a princípio eram confeccionados em metal, normalmente ouro ou prata. Entre eles encontramos a figa e a espada juntamente com animais, búzios e frutas, reunidos em uma argola também metálica. Em outras palavras, o nome Balangandã imita o som que produziam quando eram agitados pelos movimentos do corpo de quem os usava.
  • Com Carmem Miranda, o termo balangandã ficou em voga durante muito tempo. Dessa forma, tudo que era berloque, penduricalho, e mesmo colares, logo teve, por extensão, o nome em moda.
  • Assim, nas mãos de Roberto Dias Nunes, diferentes materiais naturais se misturam, criando um instigante mix de texturas, que como resultado carregam uma forte pegada de brasilidade.
  • Logo o estilo inusitado de Roberto, somado aos materiais sempre muito naturais, resulta em peças únicas, que fazem com que a força da natureza invada as nossas casas…